21 de Janeiro de 2013

 

A rega é dos critérios mais importantes na arte do bonsai a meu ver, deve ser controlada e eficiente. Como todos já sabemos a falta de água conduz a morte do bonsai assim como o seu excesso. Infelizmente penso ter perdido um dos meus bonsais devido à rega mas não se deveu na minha opnião à falta nem ao excesso, então o que se passou? Abordarei posteriormente neste artigo.

 

Rega de bonsai, problemas e soluções

Falta de água

 

Antes de mais a carência de água num bonsai conduz à morte, numa fase inicial as folhas murcham, os novos rebentos secam e a planta acaba por sucumbir perante a ausência de água. Na maioria dos casos quando nos apercebemos deste efeito já é tarde demais para salvar o bonsai e é uma operação quase impossível.

Obviamente que a tendência será sempre tentar salvar mas como devemos proceder? Bom a minha experiência conduz-me a seguir os próximos passos.

 

Regar abundantemente a terra. Infelizmente quando a terra está um longo período de tempo sem água acaba por se tornar impermeável e é necessário tomar medidas para recuperar esta qualidade. Eu em primeiro lugar tento com um borrifador de água humedecer a crosta da terra depois de esta se encontrar relativamente húmida as propriedades de permeabilização devem recuperar, então vou regando abundantemente até a água sair em grande escala pelos orifícios do vaso.

Outro meio de conseguir uma rega eficiente com uma terra impermeável é mergulhar o vaso dentro de um recipiente com água acima do nível da terra. Neste caso é necessário ter alguma atenção para não perder a terra do vaso diluindo-se na água, 10 minutos submerso será o quanto basta, no entanto se ao fim deste tempo ainda surgirem bolhas de ar é necessário deixar o bonsai mais tempo mergulhado.

 

Nos casos em que me deparo com folhas completamente secas a perda do bonsai é iminente, na minha opinião quando isto acontece acaba por ser quase impossível salvar, mas tento a todo o custo recuperar. Neste tipo de situações para alem de regar como é obvio removo todas as folhas do bonsai, pratico uma desfolha mesmo que a altura não seja o mais propicio a isso. Como todos sabemos as folhas são o principal meio de perda de água de um bonsai.

Quando este tipo de acidentes acontecem é mais que certo e evidente a perda de alguns troncos estruturais. Provávelmente terá um longo periodo de recuperação se o seu bonsai não morrer.

 

Excesso de água

 

O execesso de água mata mais bonsais que propriamente com a sua ausencia e isso deve-se ao facto dos bonsais perderem as suas raizes. Quando se rega demasiado, as raizes perdem a capacidade de respirar e são conduzidas ao apodrecimento. Quando isto acontece, apesar de terem a terra regada o bonsai acaba por secar pois perde a capacidade de capturar água com as suas raizes. Os sinais são muito semelhantes ao excesso de adubação, pois ambos os casos se justificam pela perda das raízes e suas capacidades. Os sinais mais evidentes são a perda de folhas e um crescimento estacionário, simplesmente não desenvolvem e tendem a secar. Para corrigir estes sinais tenho sempre como medida os seguintes passos.

 

O primeiro passo que realizo é sem dúvida alguma ponderar mais severamente as necessidades de rega, se é iniciado e ainda não sabe controlar as medidas é simples, com um palito de cozinha, espete na terra, aguarde alguns minutos, se estiver humido não será necessário regar, se por contrário estiver seco deve regar até sair agua pelos orificios.

Quando a rega é realizada em periodos de tempo largos e mesmo assim mantem uma grande quantidade de humidade na terra, creio deparar-me com uma terra não drenante, para conseguir esta caracteritica faço um transplante e utilizo uma mistura com base em pedriscos e areia muito grossa para promover a drenagem, isto irá tambem ajudar as raízes a respirar e evitar apodrecer com o excesso de água.

 

Se o bonsai apresentar uma secagem da copa ou a perda de alguns ramos, procedo a uma desfolha para evitar a perda de água do bonsai. Isto é importante pois se o bonsai perder mais água do que aquela que consegue capturar acaba por secar e morrer. Até ter um novo sistema radicular eficiente é necessário observar com atenção o quadro clínico do bonsai.

 

O que se passou então?

 

No inicio deste post  referi que perdi um dos meus bonsais e penso que o motivo deveu-se à rega, não pelo excesso e não pela ausência então deve estar a perguntar do que se trata, vou desenvolver e fundamentar a minha opinião.

 

É meu hábito regar os bonsais com água da torneira, à partida se a água é própria para consumo humano também serve para regar os bonsais. Esta teoria não é minha e vem em livros conceituados de bonsai.

Na minha opinião está parcialmente errado!

A água da torneira especialmente em Portugal é pesada, ou seja contem muitas partículas minerais, mas não só, como todos sabemos a água da rede publica é tratada com cloro, usada essencialmente para desinfecção. Se pensar-mos em uma piscina cheia de cloro, os primeiros efeitos que notamos será um ardor nos olhos, cabelo seco e áspero, roupa de banho debotada. Penso que são sinais mais que suficientes para ponderar os problemas que trará para as raízes dos bonsais. Mas não é necessário entrar em pânico, se alguém gosta de aquariofilia saberá que guardar a água em garrafões abertos durante um período de 2-3 dias o cloro desaparece evaporando, esta pode ser uma medida muito útil para eliminar o cloro da sua água de rega. Não pense que o cloro é só prejudicial, na verdade até pode ser benéfico para a rega, a água usada será isenta de bactérias e cristalina, agora é mais que importante  deixar evaporar cloro antes das regas.

 

Outro grande problema da água pesada é conter muitos sedimentos de calcário, nos livros de bonsai há referencias que indicam não ser prejudicial para as plantas, apenas existem referências a um descuidado estético. Desacordo naturalmente, o calcário pode ser uma sentença de morte para determinados exemplares que não suportam simplesmente o calcário, este foi o meu problema com uma azálea. Todavia existem plantas resistentes que suportam a existência, mas será benéfico? Não! Como já se devem ter deparado o calcário fixa-se normalmente ás raízes, por si só não mata mas conduz a uma perda evidente do funcionamento das raízes, age como o sal ou como o estrume não curtido, estrangula as raízes perdendo assim a sua capacidade permeabilização não conseguindo capturar e reter água e minerais vitais para a saúde do bonsai. Os sinais mais óbvios são crostas de sedimentos nos rebordos do vaso. Sinais mais que evidentes para usar medidas de precaução.

Eu pessoalmente desconheço um método eficiente para remover o calcário da água, poderia utilizar técnicas de destilação mas seria quase impossível e obviamente demorado. Por isso a opção passa por outro meio de obtenção de água, se não estiver disponível uma fonte de água natural, terei obviamente de recorrer a água engarrafada.

 

Espero que as informações tenha sido muito uteis e vantajosas para si, as medidas que referi foram adoptadas por mim como resultados eficientes.

publicado por JCordas às 11:57

VitóriaVasques:
Boa noite,

Antes de mais parabéns pelo seu blog. Está muito interessante e ajuda imenso, principalmente para quem é principiante na arte do bonsai.

Gostaria de saber se me podia ajudar?Ofereceram-se uma serissa no natal e ele neste momento está a começara ficar com as folhas todas castanhas e estou bastante preocupada porque me parece que está a morrer e não sei o que fazer. Sei que já fiz alguns erros nomeadamente colocá-la na minha varanda para apanhar água da chuva (acho que até ai estava tudo bem) mas no entanto ela também apanhou muito vento e frio.

Espero que me possa ajudar....

Muito obrigada
VitoriaVasques
18 de Janeiro de 2014 às 02:02

A serissa gosta de manter-se relativamente quente, este inverno tem sido muito rigoroso, o frio queima as raizes levando a serissa à morte, é melhor deixar num local asolarado, experimente apenas no inverno deixar proximo da janela a receber raios de luz. Evite este local no verão pois o vidro cria um efeito estufa e queima a serissa.
18 de Janeiro de 2014 às 11:06

João Martinhão:
obrigado amigo pela dica vou tentar regar meu bonsai um Ligustrum com agua engarrafada, pois estou regando com a agua da torneira e está secando as folhas, vou fazer o teste se der certo escrevo outro comentario. muito obrigado e parabéns pela dica.
23 de Fevereiro de 2017 às 19:13

pesquisar
 
comentários recentes
Oi, Também comprei uma oliveira que vinha num fras...
Adoro bonsais.Achei muito boa a sua explicação, be...
BoasDeram me uma oliveira do mesmo género para a P...
Hoje, pela primeira vez, podei os meus bonsais...R...
onde acho esse livro? desejo comprar.
arquivos
2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores
Visitantes